link da rádio online
«
»
Logo
Publicado em 10/07/2018 às 23h03min | Autor: JAN SANTOS / ASCOM PMMN

Sábado é ‘Dia D’ da Campanha de Vacinação Antirrábica em Medeiros Neto; leve seu animal de estimação para tomar a vacina!

compartilha nas redes sociais:

A atenção neste mês deve ser voltada para os animais de estimação. É que já começou a Campanha Estadual de Vacinação Antirrábica, para cães e gatos, que vai até 04 de agosto de 2018, sendo o dia 14 de julho, próximo sábado, o “dia D” de mobilização contra o vírus.

A Prefeitura de Medeiros Neto, através da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica já está mobilizando as equipes para atender a demanda do município, para imunizar o máximo de animais domésticos e, desta forma, interromper a transmissão do vírus da raiva na população canina e felina, a partir de 03 meses de idade.

Para o desenvolvimento da campanha, no dia “D” (sábado, dia 14), a Prefeitura vai contar com 09 postos de vacinação, distribuídos por todo município, que atenderão das 08h às 17h. Leve seu animal de estimação para tomar vacina e não se esqueça de levar o carteira de vacinação. É gratuito!

Locais de Vacinação;

PSF 01 Newton Farias – Bairro Uldurico Pinto;

Casas populares – Bairro Uldurico Pinto;

PSF 02 Adauto Assis – Bairro Aparecida/Planalto I;

PSF 03 Renato Viana – Bairro Capixaba;

PSF 04 Deoclécio Lucas – Bairro São Jorge;

PSF 05 Dú Moura – Bairro São Bernardo;

PSF 09 Elísia de Jesus Silva – Bairro Planalto II;

PSF 06 Nova Lídice – Distrito Nova Lídice;

PSF 08 Lindemberg Viana – Distrito de Itupeva;

Doença

A raiva é uma doença que acomete mamíferos, e que pode ser transmitida aos homens, portanto, é uma zoonose. A transmissão da raiva se dá pela saliva do animal contaminado pelo vírus da raiva, através de lesão da pele do novo hospedeiro. Este vírus pode inoculado por arranhadura, mordida ou lambida do animal doente. Característica da própria doença é o aumento da agressividade do doente, o que facilita o ataque do doente a um novo animal ou ao homem.

É uma doença terrível, que pode levar a óbito se não atendida a tempo, sendo a melhor forma de se proteger contra a doença é vacinando os animais. Além da imunização, outras dicas de prevenção da doença são: evitar deixar o animal solto nas ruas; ao passear com seu bicho de estimação, leve-o sempre na coleira; nunca separe briga de animais; cuidados ao pegar bichos machucados; não alimente e evite contato com animais desconhecidos.

Fonte: Vigilância Epidemiológica

Por: Jan Santos


Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.