link da rádio online
«
»
Logo
Publicado em 08/02/2018 às 01h18min | Autor: Fonte: maisteixeira.com.br

Polícia Civil desarticula maior quadrilha de furto de gado da região

Após várias denúncias os policiais civis, da 8ª coordenadoria de Teixeira de Freitas, começaram a investigação.
compartilha nas redes sociais:

A polícia civil de Teixeira de Freitas, em apoio à delegacia territorial de Vereda em conjunto com a delegacia da cidade de Caravelas, identificou e desmontou uma quadrilha de furto em fazenda e roubo de gado na região do extremo sul.

Após várias denúncias os policiais civis, da 8ª coordenadoria de Teixeira de Freitas, começaram a investigar uma quadrilha de roubo a gado na região. Segundo o delegado Manoel Andreetta delegado titular de Teixeira de Freitas, que vem fazendo um ótimo trabalho, na cidade, que após alguns dias sua equipe de investigadores, juntamente com os policiais civis de Vereda e Caravelas conseguiram desmontar a quadrilha, os envolvidos foram.

Identificados como sendo Caíque Ribeiro Moura, Elnia Alcantara Ribeiro Moura, Valdi Alves Moura, Neylson Nascimento Pereira, Osenir Rodrigues de Sousa, Sandro Rodrigues de Souza, Mário Lúcio Marques dos Santos, vulgo “Gordo” e Ruberlândio Silva Santos, vulgo “Queco”. 

Os furtos aconteceram na fazenda Santana II, que é do mesmo proprietário da fazenda dois irmãos em Caravelas. A polícia civil informou que a quadrilha utilizou mais de dois caminhões na fazenda Santa II, que foram levados da propriedade 52 cabeças de gado nelore, causado um prejuízo ao proprietário da fazenda no valor de 100.000,00, (Cem mil reais).

Durante as investigações os investigadores tiveram acesso à filmagem que registrou o momento que os envolvidos transportavam o gado furtado, em um caminhão Ford/ Cargo de cor branca de placa OYD 2699 e o caminhão Volkswagen de cor branca de placa HDF 4954, nas filmagens os policiais perceberam que havia outro caminhão pequeno de cor branca, de placa não identificada, que passava pelo local escoltando os caminhões durante a prática das ações dos criminosos. Os criminosos utilizaram na fazenda dois irmãos, zona rural de Caravelas, um caminhão Mercedes Benz 16/20 de cor vermelha placa JQM 2682.Os investigadores continuando com a inclusão foram até o sítio localizado no assentamento Rosinha do Prado, de propriedade dos criminosos onde foram encontradas 32 cabeças de gado, sendo 23 da fazenda Dois irmãos em Caravelas e 9 cabeças de gado da fazenda Santana II em Vereda, os gados foram apreendidos e entregas aos verdadeiros proprietários.

Em conversa com os acusados a polícia civil identificou que o grupo de criminosos comercializava os gados furtados na empresa Frisa e que há cinco meses, o grupo recebeu a quantia aproximadamente 280.000,00 (Duzentos e oitenta mil reais) o que comprovaram a suspeita da polícia, sobre origem ilícita do gado, pois no sítio Nova Canaã pertencente o grupo não comporta o volume de gado comercializado em tão curto prazo.

O delegado Manoel Andreetta, informou que há indícios que a quadrilha estava enriquecendo ilicitamente, que durante o curto período comprou caminhão, caminhonete e outros bens. O delegado a fim de reparar o prejuízo as vítimas arrecadaram na empresa Frisa, o valor de 82.000,00 (Oitenta e dois mil) bloqueando o pagamento de duas notas promissório que seria paga aos criminosos.

oi representado pela prisão preventiva dos envolvidos, e encontrando-se o procedimento investigatório em fase saneamento e conclusão.

Os acusados foram indiciados pelos crimes de formação de quadrilha e furto qualificado, foram ouvidos e liberados.


Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Copyright © 2017 MedeirosDiadia.com.br | Todos os direitos reservados