link da rádio online
«
»
Logo
Publicado em 13/01/2018 às 10h23min | Autor: Ronildo Brito - Teixeira News

Itabatã: Polícia Militar refuta informação de assalto a carro forte

O tráfego chegou a ser interrompido no local e chamou a atenção de todos.
compartilha nas redes sociais:

No fim da tarde desta sexta-feira, dia 12 de janeiro, uma informação acerca de um possível assalto a um carro forte no trevo de acesso a Mucuri, na rodovia BR-101, começou a ganhar repercussão nas redes sociais. O tráfego chegou a ser interrompido no local e o veículo de transporte da Prossegur parado chamou a atenção de todos.

O major Anilton Almeida, comandante da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itabatã (CIPM), esclareceu que a informação do assalto não procedia. Almeida assegurou que tudo não passou de um “alarme falso”.

“As informações preliminares davam conta que um carro forte da Prossegur havia sido tomado de assalto na estrada de acesso Mucuri, daí mobilizei todo o meu aparato policial militar para fazer frente ao fato. Mas graças a Deus que recebi uma ligação da direção da Empresa dando conta de que o carro teve um problema mecânico e por isso encostou nas margens da rodovia chegando a ficar parado dentro de uma plantação de eucalipto”, informou.

Os homens que estavam dentro do veículo, que muitos pensaram tratar-se de criminosos, segundo Almeida, eram seguranças da Prossegur. “Os integrantes embarcados no veículo realmente eram funcionários da empresa”.

Tráfego chegou a ser interrompido no local

Tráfego chegou a ser interrompido no local

Além dos policiais da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), de acordo com o major Anilton Almeida, foram mobilizados ainda militares da Cipe-Mata Atlântica. “O mais importante é saber que a resposta dada diante da eminência de um assalto foi rápida e objetiva por parte dos integrantes da 89ª CIPM em conjunto com Cipe-Mata Atlântica”, concluiu. 


Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.